Gecradi denuncia responsável por ofensas raciais contra mulheres no Instagram

Facebook Twitter

Gecradi denuncia responsável por ofensas raciais contra mulheres no Instagram

O Grupo Especial de Combate aos Crimes Raciais e de Intolerância (Gecradi) denunciou por racismo, injúria e falsa comunicação de crime uma pessoa que fez comentários ofensivos contra três mulheres via Instagram.

A promotora Maria Fernanda Balsalobre Pinto relata que, em fevereiro deste ano, o denunciado usou elementos referentes à raça e cor para atacar três mulheres que apareciam em um vídeo postado na rede social, dizendo: "bombril comendo solto. Dá a impressão de estar fedido".

Após a prática das injúrias raciais, o denunciado foi confrontado por uma internauta e respondeu: "sou obrigada a gostar desse tipo de cabelo bombril?", configurando crime de racismo.

Com a repercussão do caso na internet e objetivando livrar-se de eventual aplicação da lei, o denunciado registrou boletim de ocorrência afirmando que vinha sendo acusado de racismo na web por conta da atuação de perfis falsos. "Alguém está criando contas em meu nome e insultando outras pessoas de argumentos de cunha racial difamando meu nome". Segundo Maria Fernanda, o denunciado provocou ação de autoridade pública ao fazer a formal comunicação de crime que sabia não ter existido, já que o próprio indivíduo confessou, posteriormente, a autoria das publicações.

Além de apresentar a denúncia, a promotora pediu a fixação de indenização por dano moral em favor das vítimas.

Compartilhe e faça seu comentário