Caraguatatuba inicia vacinação contra Covid-19 para idosos de 80 a 84 anos a partir de segunda-feira (1)

Facebook Twitter

Caraguatatuba inicia vacinação contra Covid-19 para idosos de 80 a 84 anos a partir de segunda-feira (1)

A Prefeitura de Caraguatatuba, por meio da Secretaria de Saúde (Sesau), irá iniciar a partir do dia 1º de março (segunda-feira) a aplicação da primeira dose da vacina contra a Covid-19 em idosos com idades entre 80 e 84 anos. 

Para aplicar a vacina nesse público-alvo, a Prefeitura decidiu manter os cinco postos de vacinação instalados em unidades escolares nos bairros: Porto Novo, Morro do Algodão, Indaiá, Sumaré e Jetuba. O horário de funcionamento dos postos será das 8h às 16h.


Dos cinco postos apenas um sofreu alteração de endereço. No Sumaré, a vacinação era realizada no núcleo CIASE – Wilson Francisco Valente. Agora, os idosos deverão se dirigir ao CIEFI Prof.ª Adolfina Leonor Soares dos Santos.

É importante ressaltar que para receber a vacina é necessário que a pessoa esteja devidamente cadastrada no Programa de Saúde da Família (PSF) de uma Unidade Básica de Saúde (UBS) do município.

Para o idoso cadastrado, a Sesau orientou levar apenas o comprovante de residência. Caso não seja, ele deve apresentar: documento com foto, CPF, Cartão SUS e comprovante de residência. Com eles em mãos, o cadastro será efetuado na hora.

O idoso ou responsável que não quiser acessar um dos postos de vacinação, basta ficar em frente à unidade escolar que a equipe de imunização aplicará a dose dentro do veículo. Importante frisar que cada idoso poderá levar um acompanhante para evitar aglomeração.

2ª dose para profissionais de saúde e idosos acima dos 90 anos

A vacinação para idosos com mais de 90 anos, que já receberam a primeira dose da vacina contra a Covid-19, também será iniciada no dia 1º de março. Entretanto, não será preciso procurar um posto de vacinação. A segunda dose será aplicada na própria residência do idoso, das 8h às 16h.

A Prefeitura prevê ainda a vacinação dos profissionais de saúde, linha de frente ou não, que já receberam a primeira dose do imunizante. Isso irá depender do fornecimento de doses pelo Governo Estadual.

Caso sejam enviadas, a vacinação desses profissionais será realizada nos dias 4 e 5 de março, exclusivamente, na EMEF Dr. Carlos de Almeida Rodrigues, no bairro Indaiá. No dia, será necessário apresentar o cartão de vacinação para comprovar o recebimento da primeira dose.

A coordenadora de imunização e enfermeira da Vigilância Epidemiológica, Danielle Rodrigues, ressalta que, se a vacinar for enviada pelo Governo estadual, a estratégia montada para esses dias é importante. “Esses profissionais devem se programar para receberem a segunda dose nesses dois dias. Mas vale lembrar que a vacinação depende da vinda do imunizante”, alerta.

Além disso, tanto os idosos quanto os profissionais podem agilizar o processo de vacinação fazendo o cadastramento prévio no site: vacinaja.sp.gov.br,
Profissionais de saúde ou idosos que pertencem ao grupo especial (mulheres que estão amamentando, puérperas, gestantes, pessoas em tratamento oncológico, transplantados, imunodeprimidas e com doenças autoimunes) deverão apresentar a prescrição médica no dia da vacinação. A Sesau explica que importante a avaliação feita pelo médico que acompanha o paciente de risco-benefício da vacinação.

Confira locais de vacinação e endereço:

Posto 1: EMEF Prof.ª Maria Aparecida Ujio (Avenida Primeiro de Maio, 205 – Porto Novo);
Posto 2: Centro Comunitário, Cultural e Social do Morro Do Algodão (Rua São Miguel, 825-889 – Morro do Algodão);
Posto 3: EMEF Dr. Carlos De Almeida Rodrigues (Avenida Pernambuco, 1.101 – Indaiá);
Posto 4: CIEFI Prof.ª Adolfina Leonor Soares dos Santos (Av. Siqueira Campos, 1.257 - Sumaré);
Posto 5: CIEFI Jetuba – Profª Maria Thereza De Souza Castro (Rua Seishi Yoshimoto, 120 – Jetuba).

Compartilhe e faça seu comentário