São Sebastião - Prefeitura informa como são realizados os testes para detectar a Covid-19

Facebook Twitter

PMSS

São Sebastião - Prefeitura informa como são realizados os testes para detectar a Covid-19

A Prefeitura de São Sebastião, por meio da Secretaria da Saúde (SESAU), através da Vigilância Epidemiológica, acredita ser fundamental informar seus munícipes quanto às formas de testagem para detecção de coronavírus.



A realização de testes é importante porque, além de ajudar a diagnosticar casos com sintomas da COVID-19, auxilia em situações em que a pessoa está contaminada e não apresenta nenhum indício. Isso significa que a doença pode ser transmitida, mas a pessoa não está ciente de que foi contaminada.

Existem tipos de teste que estão sendo realizados para detectar a COVID-19 e a eficiência de cada um depende do momento de contaminação do paciente, pois o período de incubação do coronavírus pode variar de um a 14 dias. Pesquisas de órgãos de saúde apontam que os sintomas, quando aparecem, costumam surgir dentro de cinco dias após a contaminação.

No momento, há dois tipos de exame sendo realizados no município e, para cada período de incubação da Covid-19, existe um teste apropriado:

PCR: este tipo de teste identifica o vírus enquanto está ativo no organismo e pode ser realizado logo nos primeiros dias de apresentação de sintomas na pessoa. É colhido material biológico do paciente (do nariz ou da garganta) com a ajuda de uma haste (swab) e enviado para o laboratório. 

O resultado costuma ficar pronto em 24 horas, mas devido à grande demanda de solicitações de exame nos laboratórios, os resultados estão demorando cerca de 15 dias para serem enviados. Em São Sebastião, esse exame é feito em pacientes em estado grave internados, óbitos suspeitos e profissionais de saúde.

Teste rápido: está sendo realizado mais recentemente e o resultado pode sair em 20 minutos. Esse teste analisa a resposta imunológica do organismo ao vírus, ou seja, verifica se a pessoa já está produzindo anticorpos para combater a doença. 

É possível ainda detectar o estágio da COVID-19 no paciente, se no início ou em processo de cura. Neste método, é colhida uma pequena amostra de sangue e aplicada em um kit clínico. 

Esse exame tem maior eficácia sete dias após o contágio. Por isso, que costuma ser utilizado depois de uma semana de observação após o contato com alguém contaminado.

A Prefeitura de São Sebastião optou, neste momento, pela testagem rápida e já está realizando o exame em diversas pessoas, separadas por segmento.

Já foram testados os funcionários de mercados, bancários, portuários, professores de educação física, pessoal da limpeza, profissionais da saúde e das forças de segurança e salvamento.

Também estão sendo feitos testes por amostragem em uma parcela da população para que se possa fazer a estimativa da doença em todo município.

A Vigilância Epidemiológica está entrando em contato com cada pessoa positivada para COVID-19 no mesmo dia em que o teste rápido é feito, e começando os procedimentos de acompanhamento dos pacientes seguindo o Manejo Clínico do Ministério da Saúde.


Jornal do Litoral
MESTRA MAIO 2020  Campanha

Compartilhe e faça seu comentário