Alunos da rede pública visitam pontos turísticos e históricos de Caraguatatuba

Facebook Twitter

Lucas Camargo/PMC

Alunos da rede pública visitam pontos turísticos e históricos de Caraguatatuba

Estudantes visitam o obelisco com a torneira, marco inicial da fase de saneamento básico do município, iniciado em 1919

Estudantes do terceiro ano da Emef Dr. Carlos de Almeida Rodrigues tiveram a oportunidade de experimentar uma aula prática inovadora: um passeio pelos principais pontos turísticos e históricos de Caraguatatuba. O objetivo foi apresentar um pouco da história do município a seus pequenos cidadãos e contribuir para o desenvolvimento intelectual dos estudantes. A iniciativa extra-classe ocorreu na sexta-feira (14).

Inicialmente as crianças visitaram o busto do médico sanitarista Arthur Costa Filho, que teve importante atuação na luta contra a malária e febre amarela no litoral paulista. Após, visitaram o Museu de Arte e Cultura de Caraguatatuba (Macc), onde foram acompanhadas por uma equipe que os apresentou às instalações fixas do museu e à exposição Heranças, em que os ceramistas trabalharam a temática sobre o negro, o índio e o caiçara.

As crianças também visitaram a Praça Cândido Mota; lá puderam observar a igreja Matriz de Santo Antônio, o tradicional coreto, relógio de sol, fonte luminosa e o obelisco com a torneira, marco inicial da fase de saneamento básico do município, iniciado em 1919.

Ao final, os alunos visitaram o monumento em homenagem às vitimas e heróis da catástrofe de 18 de março de 1967.

A iniciativa foi baseada no Gibi da Turma da Mônica Tesouros de Caraguatatuba, criado pelo Instituto Maurício de Souza em parceria com a Prefeitura. O trajeto foi acompanhado pela equipe da unidade escolar, que contou as estudantes histórias e curiosidades da cidade. “O objetivo é unir o turismo, a cultura e a educação de forma que as crianças aprendam, desde cedo, como preservar e cuidar do destino onde moram”, afirmou a professora Letícia da Silva dos Santos.

Para a coordenadora pedagógica Andrea Stapf Ribeiro, a iniciativa estimula o aprendizado e oferece uma experiência turística inédita aos alunos. “Isso tudo, além de aguçar a curiosidade em explorar o destino onde mora, a criança compartilha suas experiências com familiares e amigos", afirmou.



Curso Bitcoin
Dengue 9

Compartilhe e faça seu comentário