Atau

Ilhabela recebe primeiro cruzeiro da temporada 2018/2019

Facebook Twitter

PMI

Ilhabela recebe primeiro cruzeiro da temporada 2018/2019

MSC Orchestra chegou na manhã do último sábado com 2100 passageiros

O navio MSC Orchestra veio da Argentina com 2100 passageiros, dos quais 70% desembarcaram na cidade


O canal do arquipélago passou a ficar mais movimentado desde de sábado (1º), isso porque o navio MSC Orchestra abriu a temporada de cruzeiros 2018/2019 em Ilhabela.

Vindo da Argentina, com paradas no Rio de Janeiro e Búzios, o cruzeiro começou a aquecer o turismo e a economia, trazendo 2100 passageiros a bordo, dos quais 70% desembarcaram na cidade.

Os prestadores de serviços de receptivo, que ofereceram serviços de transporte e passeios, atenderam cerca de 750 passageiros. Os outros turistas desembarcados, permaneceram nas proximidades da Vila, consumindo nas lojas e nos bares e restaurantes locais.

Ao todo, serão 64 escalas, ainda com possibilidade de aumento deste número. Para a economia de Ilhabela, isso representa um crescimento de aproximadamente R$ 60 milhões. “Cada turista que desce gasta em média R$ 300,00. Usufruindo dos serviços oferecidos do receptivo e do comércio local, ele movimenta toda uma cadeia econômica, gerando emprego e aumento de renda para os moradores”, afirmou o prefeito Márcio Tenório.

Ricardo Fazzini, secretário de Desenvolvimento Econômico e do Turismo, acredita na meta de chegar em 80 escalas até 2010. “Estamos bem com o mercado; nossas negociações para o futuro e os investimentos feitos garantem mais qualidade dos navios que virão para a ilha. Nossa ilha voltou a ser destaque nacional” comemorou.

Ilhabela é atualmente um dos destinos mais desejados do Brasil. De acordo com levantamento da CLIA Brasil (Associação Brasileira de Cruzeiros Marítimos), a estimativa é que esse período de cruzeiros tenha um impacto na economia brasileira acima de R$ 2 bilhões, considerando 15% de aumento no total de viajantes embarcados, em relação à temporada anterior de 2017/2018, que injetou mais de R$ 1,792 bilhão na economia nacional. “É a segunda temporada que a gente vê um crescimento no número de cruzeiristas e itinerários. Essa sinalização é importante para retomar o que a gente teve no passado. Ilhabela é uma grande parceira, que recebe muito bem os passageiros e os navios de cruzeiro. [O arquipélago] é um destino importante; a estrutura de recepção melhorou com os novos píeres e a nova possibilidade de fazer o desembarque por meio de escuna e catamarã ajuda os navios que não estavam indo para Ilhabela e agora podem ir”, disse Marco Ferraz, presidente da CLIA.

Desde o início deste mês, o arquipélago possui um porto completamente regularizado para a recepção de cruzeiros marítimos. Aprovado pela Antaq (Agência Nacional de Transportes Aquaviários) com unanimidade, elevou o patamar turístico do único município-arquipélago brasileiro e garantiu a licença pela qual a Administração atual tanto aguardava, e que representa um reconhecimento do município enquanto destino oficial nacional de cruzeiros. “Ilhabela tem se preparado em infraestrutura e melhorado a qualidade do trade turístico, o que resultou no aumento de escalas, que cresce a cada ano”, explicou Fazzini.
 
Escalas

A próxima parada de cruzeiro é no próximo dia 7. O navio Orchestra aporta em Ilhabela no início da tarde de sexta-feira e fica até a noite. Já no dia 10, chega o maior cruzeiro a passar pela costa brasileira, o Seaview, também da MSC, com capacidade para 5179 passageiros e 1412 tripulantes.
Refis Ilhabela Dezembro 18

Compartilhe e faça seu comentário