Atau

Prefeitura participa de reunião com Procon, Câmara e Elektro no Paço Municipal

Facebook Twitter

PMI

Prefeitura participa de reunião com Procon, Câmara e Elektro no Paço Municipal

Na manhã de ontem (29), representantes da Prefeitura de Ilhabela, Procon, Câmara Municipal e Elektro, estiveram reunidos na sala de reuniões da Advocacia Geral do Município para alinhar todas as ocorrências com a distribuidora de energia elétrica no arquipélago. Entre elas, quedas de energia, interrupções de fornecimento, aumento da taifa e negativa de indenizações por aparelhos queimados.
De acordo com o Procon, a Elektro respondeu pontualmente a todos os questionamentos feitos e informou que o problema envolvendo as quedas de energia foi identificado e que as mesmas ocorrem em razão da vegetação nos fios. Explicou, ainda, que o trabalho será intensificado até o dia 31 de dezembro, e que sete equipes fato uma operação em toda a cidade e estarão de plantão em caso de intercorrências. A empresa mencionou que em 2019, Ilhabela ganhará uma nova equipe e novo caminhão guindauto para trabalho.
Trabalho preventivo
O Procon alertou sobre a necessidade de um trabalho preventivo, pois, embora a ilha tenha uma condição geográfica peculiar, graças à tecnologia, é fácil mapear mudanças climáticas, como ventos e tempestades, o que afeta a rede. “A Elektro demonstrou concordância e afirmou que a partir de janeiro trabalhará 3.800 horas a mais no ano para atender o município”, afirmou o órgão.
Quanto a variação de consumo das contas, foi orientado que os consumidores peçam aferição dos relógios, uma vez que, verificadas falhas, haverá estorno de valores. Em relação ao aumento nas tarifas, o Procon informou já ter acionado o MP (Ministério Público), com a finalidade de ingressar com uma Ação Civil Pública, objetivando baixar as tarifas.
Com referência ao ressarcimento de danos em decorrência das quedas, a orientação repassada é que consumidores devem cumprir as exigências administrativas para ressarcimento, apresentar dois orçamentos e cumprir o processo até o final.
Ainda durante a reunião, foi apresentado uma proposta de parceria para que a Elektro realize um curso sobre podas de vegetação, treine os funcionários da Prefeitura e demais interessados, a fim de que se diminua os problemas referentes a avaria na fiação.
Participaram da iniciativa, Vinícius Julião (Advocacia Geral do Município), Gabriela Pinho Godinho e Walkrira Batista da Silva (Procon), Milton Araújo, Ivan de Oliveira e Daniel Teixeira (Elektro) e  os vereadores Luiz Paladino,  Nanci Zanatto e Gabriel Rocha.
Refis Ilhabela Dezembro 18

Compartilhe e faça seu comentário