Agentes públicos de Ilhabela têm bens bloqueados a pedido da Promotoria de Justiça

Facebook Twitter

Agentes públicos de Ilhabela têm bens bloqueados a pedido da Promotoria de Justiça

Em ação ajuizada pelo promotor Cauã Nogueira de Araújo, a Justiça concedeu liminar bloqueando bens de dois agentes públicos de Ilhabela. A decisão, que atinge ainda uma ex-secretária do município, uma empresa e seus proprietários, estabelece a indisponibilidade de R$ 1.699.500,00 das contas de cada um dos réus.

Na petição inicial, o membro do MPSP alega ter havido atos de improbidade administrativa em razão de contratos firmados sem licitação para os serviços e infraestrutura destinados à realização dos festejos pelo aniversário de emancipação político-administrativa de Ilhabela.

Compartilhe e faça seu comentário